Quinta, 28 de Outubro de 2021
99 99999-9999
Saúde Ponta Porã

Em Ponta Porã, tudo pronto para maior campanha de vacinação da região de fronteira

Seis mil serão vacinadas por dia nos quatro locais que estarão funcionando como postos de vacinação

01/07/2021 17h30
787
Por: Redação Fonte: ASSESSORIA DE IMPRENSA
Em Ponta Porã, tudo pronto para maior campanha de vacinação da região de fronteira

Já está tudo pronto para a maior campanha de vacinação já realizada em Ponta Porã que é a campanha de vacinação contra o Covid-19, onde 50 mil pessoas vão passar pelos postos de vacinação a partir das 7 horas da manhã desta sexta-feira, dia 2 de Junho de 2021.

As vacinas distribuídas da marca Janssen faz parte de um projeto que reúne entre outras parcerias, a da Universidade Federal do Mato Grosso Sul que estará acompanhando todo trabalhado que será realizado em Ponta Porã e demais cidades de fronteira do estado com a Bolívia, em Corumbá, e com o Paraguai em mais 12 cidades incluindo assim Ponta Porã.

A prefeitura de Ponta Porã através da Secretaria de Saúde mobilizou um verdadeiro batalhão de pessoas que estarão trabalhando em três períodos, começando sempre as 7 horas da manhã e indo até as 23 horas, com a idéia de vacinar 6 mil pessoas por dia, pois serão três turmas de vacinadores, uma por período.

Secretário-Adjunto de Saúde, Frederico Moraes, falando a reportagem do site Pontaporainforma na tarde desta quinta-feira (01), informou que as vacinas já saíram de Campo Grande e estão sendo transportadas para Ponta Porã e por questão de segurança, as vacinas serão armazenadas dentro do 11º RCMEC e ficará responsável pela guarda da vacina e para isso já foram instalados na unidade militar, as geladeiras e os  Freezers para guardar as vacinas as quais serão liberadas todos os dias para serem usadas.

Os  locais de vacinação já estão prontos. O maior ponto de concentração deverá ser o Centro de Convenções onde foi preparado uma praça de vacinação com a instaladas as três carretas e uma grande tenda para servir de apoio enquanto as pessoas aguardam a sua vez.

Também estarão funcionando como postos de vacinação, os Ginásios de Esportes do Grande Marambaia e o Ginásio de Esportes Hiran Garcette na região dos Ipês.

Em Ponta Porã, tudo pronto para maior campanha de vacinação da região de fronteira

Nesta sexta-feira (2) as vacinas são destinadas pra as pessoas com idade de 36 anos acima; sábado (3), as pessoas com 32 anos; no domingo (4), as pessoas com 28 anos; segunda-feira (5), as pessoas com 25 anos; terça-feira (6), as pessoas com 21 anos acima e na quarta-feira (7), as pessoas com 18 anos acima.

As pessoas devem levar os seguintes documentos: RG, CPF, Cartão SUS, comprovante de residência e também deve ter a apresentação de no mínimo um comprovante de vínculo com o município, seja o titulo de eleitor, carteira de trabalho ou cadastro de usuário em algum programa social do município de Ponta Porã.

Em Ponta Porã, tudo pronto para maior campanha de vacinação da região de fronteira

Na entrada, as pessoas vão se apresentar, em seguida serão encaminhadas para o Centro Convenções onde faz o cadastro, após serão encaminhadas para uma das três carretas, onde aguardarão sentdas em cadeiras colocadas para maior comodidade e em seguida, vai receber a vacina.

Vão estar colaborando com essa campanha homens do 11ºRCMEC e da Guarda Municipal de Ponta Porã.

O estudo:

A iniciativa faz parte de estudo do VEBRA COVID-19 (Vaccine Effectiveness in Brazil Against COVID-19) que vai pesquisar a efetividade e impacto da vacinação em massa na região de fronteira.

O estudo está sendo capitaneado pelo infectologista Júlio Crodda através do grupo VEBRA COVID-19, que tem o apoio da Opas e é composto por diversas instituição, como Fiocruz, UFMS, Stanford university, Yale university, Instituto de Salude Global de Barcelona, Universidade da Florida, entre outras.

Será avaliado o impacto de vacinação em massa, em pessoas entre 18 a 50 anos em 13 cidades de fronteira do estado de Mato Grosso do Sul, após 14 dias de dose única da Janssen. O objetivo é estimar efetividade de um regime de uma dose da Janssen redução de riscos de forma sintomáticas, graves e óbitos por COVID-19 após 14 dias.

Os municípios que vão fazer parte do estudo de vacinação em massa são Mundo Novo, Japorã, Sete Quedas, Paranhos, Coronel Sapucaia, Aral Moreira, Ponta Porã, Antônio João, Bela Vista, Caracol, Porto Murtinho, Corumbá e Ladário.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias