Quarta, 01 de Dezembro de 2021
99 99999-9999
Anúncio
Polícia FRONTEIRA

Policial assassinado sofreu três atentados consecutivos

Vítima havia escapado de outras tentativas de execução

13/10/2021 09h03
615
Por: Redação Fonte: Assessoria de Imprensa
Policial assassinado sofreu três atentados consecutivos

O suboficial da Polícia Nacional do Paraguai, Hugo Ronaldo Costa, de 32 anos, fuzilado na noite desta terça-feira, 12, havia sofrido três atentados em menos de um ano. Ele foi transferido várias vezes por conta dessa situação. Hugo havia sido empossado com a patente de 1º Suboficial há cerca de um ano e meio.

Ele foi morto com destino à 10ª Travessia da Comissaria (delegacia) da cidade de Bella Vista, cerca de 70 km de Pedro Juan.

Hugo foi morto com 36 tiros de uma pistola 9 milímetros. O ataque violento e mortal foi perpetrado no bairro de San Juan Neuman. Até agora, o pano de fundo desse novo ataque criminoso é desconhecido.

Esse novo sangrento acontecimento ocorreu por volta das 21h na rua Palma, entre 2 de maio e Mariano Molas, da fração San Marcos do bairro San Juan Neuman.

O falecido plantonista era Hugo Ronaldo Acosta, 32, 1º Suboficial da Polícia Nacional, lotado na 10ª Delegacia de Cruce a Bella Vista, embora tenha prestado serviço por muito tempo na 2ª Delegacia de Polícia no bairro General Díaz de Pedro Juan Gentleman.

Os supostos autores do crime conforme os levantamentos da polícia estavam em um Toyota Allion, presumivelmente de cor escura, e após cometerem o atentado criminoso desapareceram do local.

Após perícia forense, foi constatado que o policial recebeu a maioria dos disparos na altura do tórax, responsável por 36 orifícios de um projétil de 9 milímetros no corpo da vítima.

As provas recolhidas ficaram a cargo do pessoal da criminalística, enquanto as filmagens ficaram na sede do Ministério Público.

Por determinação do Ministério Público, os pertences encontrados no veículo do falecido, como mala com roupas, uniforme, além de fardos de alimentos, foram entregues à sua mãe, enquanto diversos objetos que estavam no bolso do falecido foram entregues a seu tio.

Hugo Ronaldo já havia sofrido atentado em outras três oportunidades
Hugo Ronaldo já havia sofrido atentado em outras três oportunidades

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias