Quarta, 01 de Dezembro de 2021
99 99999-9999
Anúncio
Cidades PONTA PORA

Prefeito Hélio Peluffo recebe alta de UTI mas segue internado.

Estado de saúde é estável; prefeito está sob observação médica

13/11/2021 09h26
18
Por: Redação Fonte: Assessoria de Imprensa
Prefeito Hélio Peluffo recebe alta de UTI mas segue internado.

O prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo Filho (PSDB) recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), conforme comunicado divulgado pela.assessoria da prefeitura de Ponta Porã.

A nota informa que o estado de saúde é estável, mas continuará em observação médica pelo menos nas próximas 72horas.

Hélio Peluffo Filho está internado desde quinta-feira em Dourados após mal súbito.

 

O prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo Filho (PSDB) continua internado no hospital do Coração, em Dourados, para onde foi levado após mal súbito na noite de quarta-feira passada.

 

A primeira-dama, Vânia Peluffo postou na página do marido no facebook e redes sociais: “O Hélio está se recuperando bem, graças a Deus. Somos confortados e agradecemos as orações de todos vocês. Breve estaremos de volta à normalidade para continuar a nossa missão”.

A reportagem do PONTAPORAEMDIA apurou que o quadro de saúde do prefeito é estável, está na UTI como precaução e deve realizar novos exames nesta sexta-feira, dia 12.

No início da tarde de ontem, 11, a prefeitura de Ponta Porã emitiu nota informando sobre o estado de saúde do prefeito. Até agora, foi o único comunicado oficial divulgado.

Não há informações oficiais do período de internação do prefeito. No hospital, a informação é que “o prefeito continua internado e sob intenso acompanhamento médico e aguarda avaliação para a realização de novos exames”.

O prefeito Hélio Peluffo Filho sofreu uma A.T.I.

Um ataque isquêmico transitório (AIT) consiste numa alteração da função cerebral que, normalmente, dura menos de uma hora e é causada por um bloqueio temporário do fornecimento de sangue ao cérebro.

Conforme especialistas, o ataque isquêmico transitório tem as seguintes características:

A causa e os sintomas de um AIT são os mesmos que os de um acidente vascular cerebral isquêmico.

Os AITs diferem de acidentes vasculares cerebrais isquêmicos, pois os sintomas geralmente se resolvem em uma hora e nenhuma lesão cerebral permanente ocorre.

Os sintomas sugerem o diagnóstico, mas exames de imagem do cérebro também são feitos.

Outros exames de diagnóstico por imagem e exames de sangue são realizados para diagnosticar a causa do AIT.

Recomenda-se controlar a hipertensão, níveis elevados de colesterol e níveis elevados de açúcar no sangue e parar de fumar.

São utilizados medicamentos para reduzir a probabilidade de o sangue coagular e, por vezes, cirurgia (endarterectomia da artéria carótida) ou angioplastia associada a implantação de stent para reduzir o risco de acidente vascular cerebral após um AIT.

 Os AIT podem constituir um sinal de alerta de um acidente vascular cerebral isquêmico iminente. As pessoas que sofreram um AIT têm muito mais probabilidade de sofrer um acidente vascular cerebral do que as que não sofreram um AIT. O risco de acidente vascular cerebral é maior durante as primeiras 24 a 48 horas após um AIT. Reconhecer um AIT e identificar e tratar a sua causa ajuda a prevenir um acidente vascular cerebral.

AITs são mais comuns entre as pessoas de meia-idade e idosos.

AITs diferem de acidentes vasculares cerebrais isquêmicos, pois AITs não parecem causar lesões cerebrais permanentes. Ou seja, os sintomas do AIT resolvem-se completa e rapidamente e poucas células do cérebro (ou nenhuma) morrem – pelo menos não o suficiente para causar alguma alteração que possa ser detectada por diagnóstico por imagem do cérebro ou por um exame neurológico.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias