Quarta, 25 de Maio de 2022
99 99999-9999
Polícia FRONTEIRA

Polícia acredita que dupla executada nesta terça-feira em Ponta Porã tinha ligação com facção criminosa

Foram varios disparos, nos 2 casos registrados no inicio da noite desta Segunda Feira.

23/02/2022 07h30
93
Por: Redação Fonte: ASSESSORIA DE IMPRENSA
Polícia acredita que dupla executada nesta terça-feira em Ponta Porã tinha ligação com facção criminosa

O paraguaio Einar Miguel Pinazo Rojas, executado a tiros em Ponta Porã nesta terça-feira (22), havia completado 34 anos nesta segunda-feira (21). De acordo com a polícia, o pai de Einar já foi preso por tráfico de drogas. A polícia não descarta a ligação dele com facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Mais cedo, um homem de 27 anos, o brasileiro identificado como Joaquim Vinicius Borges, foi assassinado com vários tiros por volta das 16h40, em Ponta Porã. Conforme informações, a vítima conduzia uma BMW, quando foi atacada pelos autores.

Vários disparos atingiram o veículo e o motorista ainda teria tentado fugir a pé, sendo atingido pelos tiros. O homem acabou morrendo em um terreno e tinha marcas de tiro nos braços e cabeça. A polícia também não descarta participação dele com facção criminosa.

Em 2018, Joaquim foi preso em uma troca de tiros que ocorreu após policiais civis, que atuavam na investigação do assassinato do colega Wescley Vasconcelas, abordarem suspeitos durante mandado de busca e apreensão no bairro Residencial Ponta Porã I.

 

O mandado de busca e apreensão também culminou na apreensão de um fuzil AL 47 com munição, além de uma pistola Glock 9mm adaptada para mais disparos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias